Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.mediu.edu.my:8181/xmlui/handle/123456789/4509
Title: VERBOS PSICOLÓGICOS DO PORTUGUÊS BRASILEIRO E A ANÁLISE INACUSATIVA DE BELLETTI & RIZZI: INDÍCIOS PARA UMA PROPOSTA SEMÂNTICA
Keywords: Verbos psicológicos
Estrutura argumental
Hipótese inacusativa
Papéis temáticos
Indícios semânticos
Issue Date: 30-May-2013
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP
Description: Os verbos chamados psicológicos apresentam um comportamento anômalo em relação a outros transitivos. Esses verbos podem ser divididos em dois grupos: um primeiro que tem o Experienciador na posição de sujeito e um Tema na posição de objeto (verbos do tipo temer); e um segundo que o Tema aparece na posição de sujeito e o Experienciador na Posição de objeto (verbos do tipo preocupar). Os verbos do tipo preocupar também apresentam um comportamento diferente em relação à ligação de anáforas: é permitido a uma anáfora colocada no sujeito ser ligada a um antecedente colocado no objeto. O objetivo deste artigo é apresentar evidências para uma análise semântica dos problemas apresentados pelos verbos psicológicos e também propor uma nova classificação para esses verbos. Isso será feito através da análise da aplicação da proposta inacusativa de Belletti & Rizzi aos verbos psicológicos do Português brasileiro.
URI: http://koha.mediu.edu.my:8181/jspui/handle/123456789/4509
Other Identifiers: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-44501997000100006
http://www.doaj.org/doaj?func=openurl&genre=article&issn=01024450&date=1997&volume=13&issue=1&spage=119
Appears in Collections:Languages and Literatures

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.